terça-feira, 5 de junho de 2007

Preguiça

Eu não sei se acontece isso com todo mundo mais tem uma coisa que quase sempre acontece comigo. Eu tenho altas idéias na cabeça mais chega na hora de escrever parece que elas desaparecem! As minhas idéias geralmente surgem debaixo do chuveiro...acho que vou ter um gravador dentro do box pra quando eu começar a ter as idéias eu falo e assim não tem como esquecer!
Esses dias atrás uma amiga minha criou um blog. Achei que já estava fora de moda mais enfim...deve ser legal pra botar as idéias em algum lugar, pois o que está mesmo fora de moda é papel e caneta, pelo menos é o que a minha professora de Novas Tecnologias fala. Na verdade ela não fala, mais subentende-se que nas entrelinhas de suas aulas ela quer dizer isso.
Voltando ao blog. Acho que também vou fazer um porque qual o sentido de você escrever as coisas e não mostrar pra ninguém? Por exemplo, eu estou escrevendo aqui no meu quarto, sozinha, no meu computador e depois daqui pra onde vai esse texto? Vai ficar exatamente aqui no meu computador em alguma das milhões de pastas que tem nele perdido e abandonado. Não é justo! Enfim...realmente vou criar um blog. Já pensou se alguma editora famosa gostar dos meus textos e quiser publicá-los? Aí eu já paro com a faculdade e vou ganhar a vida escrevendo...vou gastar é muito shampoo isso sim (porque as minhas idéias surgem no chuveiro...entendeu?).
O primeiro post da minha amiga no seu blog foi sobre indecisão, mais na minha mais profunda análise foi mesmo sobre preguiça de se deslocar da sua cidade natal para ir a uma festa de aniversário. Ela chamou isso de indecisão. Eu chamo isso de preguiça. Eu não a culpo por não ter ido a tal festa de aniversário, porque eu com toda a certeza do mundo também não iria se eu tivesse que levantar meu traseiro e arrumar uma pseudo mala para ir até outra cidade. É muito trabalho! Agora pensem comigo: e se não existisse a preguiça? Ia ser surreal! Várias coisas deixamos de fazer por essa tal de preguiça que insiste em aparecer a toda hora e todo momento em nossa vida. Quantas coisas já deixamos de fazer por causa dessa maldita dessa preguiça? Com certeza eu já teria feito muitos trabalho de faculdade melhor do que os que faço atualmente ( e eles são bem...meia boca...tomara que nenhum professor meu leia isso). E não são só os trabalhos que iriam ser melhores, eu já teria um corpão sarado há muito tempo atrás porque só eu sei quantas vezes me matriculei em academias e sempre desisto porque? Porque? Preguiça!
Será que não tem como ela desaparecer? Apesar de que tem uma lei na física que diz “um corpo em repouso tende a permanecer em repouso”. Se isso é uma lei, portando devemos cumpri-la!




Lizzie Renata Campos Jorge 05/06/08

2 comentários:

Fabíola Sampaio Pasquini disse...

acho que conheço a protagonista do texto
HDSUADHSUAIDHUISAHDUISAHDUSAHUI
:X

sua feiosa que eu amo forever :D
SDHSAIUHDAIUSHDUISAHDUSAHUDIAHSUI

seu blog vai bombar, honey
vc e sua idéias ensaboadas (tendeu? tendeu?) mirabolantes :D

mariana Vargas (mary_sintome) disse...

definitivamente preguiça...
bem vinda ao mundo dos blogueiros!!
é um pouquinho fora da moda sim, mas isso nunca impediu ninguém, né?

vou discordar de sua prof de novas tecnologias.papel e caneta , ao meu ver, estão com tudo. principalmente por causa desse saudosismo(reciclar os modelos de carro,de roupa, de musica...)e da onda vintage.

quer coisa mais linda do que uma carta que vc pode carregar p/onde quiser, desdobra-la e ver a pessoalidade que é a letra de uma pessoa em um papel? ver os erros ortograficos,rabiscos (afinal, papel não tem delete...),e saber que essa pessoa retirou um tempinho de seu cotidiano para transpor em um papel o que sentia/pensava,dedicando a você?
isso não tem preço! todas as novas tecnologias são bem vindas, mas algumas coisas nunca deixarão de ter a importancia que tem

p.s: blogs dão preguiça tmbm, eu quase nunca atualizo o meu!